Dicas & Idéias Fotos & Relatos Planilhas & Roteiros Clubes & Associações Manutenção & Mecânica Curiosidades & Crônicas Fale Conosco

Ushuaia 99 - Parte 10
A viagem dia-a-dia (18/01 - 19/01)

Descrição da viagem dia a dia:

18 - San Carlos de Bariloche - região dos seis lagos - Parque Nacional Lago Tromen/vulcão Lanin.mapa1819.jpg (23213 bytes)

De manhã fomos conhecer o Cerro Catedral, onde fica o centro de esqui de Bariloche. Com sol e sem neve é meio sem graça. Depois fomos até a cidade, que estava entulhada de turistas com trânsito congestionado e tudo. Fizemos as compras habituais (sanduíches, refrigerantes, etc) e seguimos para os lagos. Ainda paramos em Villa Angostura para abastecer e comer umas "empanaditas". O percurso dos lagos é tão bonito que esquecemos de tirar fotos. Dali para a ruta 234 que dava acesso ao Vulcão Lanin pegamos um pedaço de asfalto. Depois entramos na pior estrada de toda a viagem, foram uns 60 km de costela e uma poeira preta e fina. A chegada ao pé do vulcão compensa a estrada. Perguntamos pelo camping e fomos informados que havia um semi-selvagem. Topamos a parada e nos embrenhamos em uma trilha no meio do bosque que foi dar no lago mais lindo que já vi em minha vida, Lago Tromen. Havia um acampamento de pescadores em uma ponta de uma longa praia e com um riozinho ao lado. Ficamos ali mesmo. A água estava gelada demais para pensar em banho. Ainda dei uma passada pelo riozinho e fui testar a areia do outro lado. Quase atolei porque havia esquecido de engatar a reduzida antes de cruzar o rio e, uma vez do outro lado, não podia parar na areia fofa. Cozinhamos o jantar na beira daquele lindo lago e fomos dormir. O céu estava incrível.


19 - Vulcão Lanin - Fronteira Argentina/Chile - Passo Mamuil Malal - Subida ao Vulcão Villarica - Pucon - Villarica.

u19.jpg (33091 bytes)De manhã desarmamos as barracas, tomamos café e fomos até o extremo da praia (agora com a reduzida engatada) cruzando mais um rio. De lá podíamos avistar o vulcão por trás das montanhas que limitavam o lago. Muito bonito. Voltamos, atravessamos os rios, passamos na mata, mais um rio e saímos do parque em direção a fronteira.

u19b.jpg (49014 bytes)A travessia foi uma festa, pois esta fronteira tem um montão de funcionários e pouquíssimo movimento. Do lado do Chile andamos uns 30 km até chegar no posto fronteiriço. Depois daí andamos mais uns 60 km e pegamos o asfalto em direção a Pucon. Esta cidade é bem turística e estava entulhada de gente.
Rumo ao vulcao.jpg (31088 bytes)Compramos algo para comer, tentamos telefonar e fomos atraídos pelo vulcão Villarica. É um vulcão ativo e fica soltando uma fumacinha. O guia indicava uma estrada secundária de terra subindo pela encosta do vulcão. É claro que fomos para lá. Subimos até onde havia estrada, depois virou trilha com uma placa com o desenho de um jipe e os dizeres "enganche en primera".
U19c.jpg (65059 bytes)Mais acima demos com uma cancela próxima a um abrigo abandonado. Olhamos para um lado e para o outro, como ninguém protestou, abrimos a cancela e continuamos subindo (4x4 e reduzida). Paramos quando havia uma pedra do tamanho de um carro no meio da trilha. Nesse ponto resolvemos fazer o nosso pic-nic pois a vista era demais. Víamos todo o vale e o lago Villarica ao fundo. Descemos um pouco do caminho e fomos conhecer Las Cuevas de Villarica que é um empreendimento particular para mostrar uma gruta cavada pela lava do vulcão.
Vulcao Vila Rica.jpg (36230 bytes)Depois retornamos e saímos em busca de uma cabaña. Encontramos uma ótima na beira do lago e entre Pucon e Villarica. Fomos nadar no lago. Agora a água estava agradável e deu para dar uma boa descontraída. Sentíamos muita falta do pessoal que havia iniciado a viagem conosco. Achávamos que eles também iriam curtir muito esses passeios. Resolvemos fazer um churrasco, ainda havia Sol, eram ainda 19 horas. Fomos a cidade comprar carne, cerveja e outros adereços e fizemos uma churrascada na varanda da cabana. Aproveitei para ligar para Concepcion para pedir ao meu amigo Galo que nos reservasse um hotel pois iriamos fazer a manutenção dos carros na oficina do "Full-traction center" que eu havia conhecido em março de 98.

Anterior Acima Próxima